O perfil do turista que se sente atraído por este tipo de experiências está minimamente definido: é alguém que pretende experimentar a cultura local, participando em atividades artísticas/criativas, o que faz com que se sinta parte do próprio destino; não procura a monumentalidade ou superlativo; tende a gastar grande parte do seu orçamento de viagem nestas experiências, que faz questão de partilhar em redes sociais; combina vários tipos de turismo numa mesma viagem (criativo, eco-turismo, culinário, slow-tourism) e geralmente repete a experiência.

Um exemplo de Turistas Criativos (Áustria) da Creative Tourism Austria

© 2016 criado por Nelson Azevedo . Logótipo de Luís Miguel Frasco